O CORDEIRO SUBSTITUTO

“... Deus proverá para si, meu filho, o cordeiro para o sacrifício. ”Gn 22.8

Abraão já havia passado por várias provas. Mas, agora, enfrenta a maior de todas. Depois de esperar vinte e cinco anos para receber o filho da promessa. Depois de ver Isaque nascer como resultado de um milagre, e vê-lo crescer como a consumação de seus sonhos, Deus lhe aparece e pede Isaque em sacrifício. Abraão sem duvidar do poder de Deus para ressuscitar seu filho, partiu para o Monte Moriá, em resoluta obediência. Abraão amava a Isaque mais do que a si mesmo, mas amava a Deus mais do que a Isaque.

Quando eles chegaram ao monte do sacrifício, Isaque lhe perguntou: “Aqui está o fogo, a lenha e o cutelo, mas onde está o cordeiro para o sacrifício?”. O velho patriarca respondeu: “Deus proverá para si o cordeiro, meu filho”. Abraão preparou o altar e ali ofereceu seu filho. Mas, Deus não queria o sacrifício de Isaque. Queria o amor de Abraão. O propósito de Deus era mostrar de forma eloquente o que ele mesmo faria no Calvário. 



Para Isaque houve um cordeiro substituto, mas no caso de Jesus, Deus não poupou-o, antes por todos nós o entregou, para que tiverssemos vida em abundância, livre acesso a Ele e por fim salvação, livre de toda condenação.

Deus abençoe...


Josédson Roberto

Share:

0 comentários