Pesado demais!

Salmo 32:1-6; Mateus 11:28-30

Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. —Mateus 11:28
Ao dar a partida em meu carro no escuro da madrugada, percebi no painel uma luz de aviso do cinto de segurança. Verifiquei minha porta, abri e a fechei novamente. Puxei meu cinto de segurança para testá-lo. Mas a luz do sensor permanecia acesa. Então, lentamente, estendi o braço e levantei minha bolsa até alguns centímetros acima do banco do passageiro. A luz se apagou.
Aparentemente, um telefone celular, três pacotes de moedas, um livro de capa dura e meu almoço, guardados em minha enorme bolsa, equivaliam ao peso de um passageiro pequeno, disparando o sensor!
Embora eu possa esvaziar facilmente uma bolsa, outros pesos não são fáceis. Esses fardos da vida oprimem o espírito.
Seja o peso que nos oprime decorrente de culpa, como o que consumiu os pensamentos de Davi (Salmo 32:1-6); de medo, como o que Pedro sentiu (Mateus 26:20-35); ou de dúvida, como a de Tomé (João 20:24-29), Jesus nos convidou a levá-los a Ele: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28).
Não somos feitos para suportar os fardos sozinhos. Quando os lançamos sobre aquele que deseja carregá-los (Salmo 68:19; 1 Pedro 5:7), Ele os substitui por perdão, cura e restauração. Nenhuma carga é pesada demais para Ele.
Fonte:http://ministeriosrbc.org/

Share:

0 comentários