A Deus demos glória


1 Crônicas 25:1-8
Quenanias, chefe dos levitas músicos, tinha o encargo de dirigir o canto, porque era perito nisso. —1 Crônicas 15:22

Jason ficou contente quando lhe pediram para cantar na igreja que estava visitando, mesmo que o convite tenha sido alguns minutos antes do culto começar. Ele escolheu um hino conhecido, A Deus Demos Glória (CC 15), pois era uma canção significativa para ele. Ele ensaiou algumas vezes no porão da igreja e cantou-a no culto sem acompanhamento.

Semanas depois, Jason soube que algumas pessoas da igreja não gostaram de sua apresentação, achando que ele estava se exibindo. Por não o conhecerem, presumiram erroneamente que ele estava cantando para impressioná-los e não para honrar o Senhor.

No Antigo Testamento aprendemos que Deus designou pessoas com habilidades para estarem envolvidas na adoração no templo. De trabalhadores para a construção a líderes para a adoração — as pessoas foram escolhidas com base em suas habilidades (1 Crônicas 15:22; 25:1,7).

O Senhor deu a cada um de nós talentos diferentes e dons espirituais para serem usados para Sua glória (Colossenses 3:23-24). Quando servimos com este propósito, e não para nos exaltar, não precisamos nos preocupar com o que os outros pensam. Deus nos deu Seu melhor — Seu Filho Jesus — e nós o honramos ao dar-lhe o nosso melhor.

Share:

0 comentários