Reconciliação, Objetivo Do Evangelho De Jesus Cristo.


“E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.” 2 Cor 5:18-19
Entender e alcançar o objetivo do evangelho de Jesus Cristo é a principal proposta de Deus para que os homens sejam preparados para possuir a herança de uma vida eterna. Poucas são as denominações evangélicas que entendem ser a reconciliação um ministério a ser exercido no âmbito de sua ordem doutrinária disciplinar. Não havendo o exercício do ministério da reconciliação, tão pouco, tais denominações evangélicas terão com elas a palavra da reconciliação, conforme afirma-nos o apóstolo Paulo, que Deus pôs em nós a palavra da reconciliação “2 Cor 5:19”.
É tão evidente a ausência do ministério da reconciliação, bem como, da palavra da reconciliação no seio das denominações evangélicas, que por simples divergências, desagrados, insatisfações e suspeitas, líderes evangélicas excluem, afastam membros da comunhão local e, quando estes, por motivos semelhantes, se desligam ou se afastam e não vão para outras denominações evangélicas ou não criam uma nova, são deixados de lado e abandonados. As dissidências no meio evangélico são resultados evidentes da ausência do ministério da reconciliação, se falta este, dirá a palavra da reconciliação.
No nosso cotidiano, como igreja de Cristo, temos que entender e exercitar o ministério da reconciliação com todos, pois, erros, falhas, contrariedades, divergência e demais dificuldades são ocorrências evidentes em nossa convivência, para as quais, temos que usar a palavra da reconciliação que está em nós, nisto alcançamos a paz de Jesus e nos preparamos para herdar uma vida eterna com Deus.
Para exercitar o ministério da reconciliação, bem como usar a palavra da reconciliação que trazemos conosco, conforme, demanda da mais difícil tarefa, que muitos não conseguem realiza-la, que é Amar, quando não desprovemos do “EU”, da vaidade, da soberba, da razão humana, do poder humano e dos recursos humanos. Não Há Como Reconciliar, engessado assim como o velho homem. “E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.” Efésios 4:24.

Share:

0 comentários