Eu, o Senhor e o Leão

Quem nunca ouviu falar do pequeno e franzino Davi, filho de Jessé? Ele tinha a tarefa doméstica de apascentar as ovelhas de seu pai. E, num desses dias, um leão arrebatou uma de suas ovelhas. Diz a palavra de Deus que ele perseguiu o leão, tomou a ovelha de sua boca e o matou. Como e com que armas Davi lutou contra aquele leão não sabemos. Porém, podemos ter a certeza que Davi tinha uma intimidade tão grande com Deus ao ponto de dizer ao gigante Golias a frase que ficou pra história: Tu vens contra mim com espada, lança e escudo; eu, porém, vou contra ti em nome do Senhor dos exércitos, do Deus das fileiras de Israel, que tu insultaste. 1 Samuel 17:45. Mas como Davi buscava forças para ter tamanha coragem?

Com certeza, na sua intimidade com Deus. Davi O louvava o tempo todo. Enquanto apascentava suas ovelhas ele tocava sua harpa e cantava louvores de exaltação ao Deus dos exércitos. Talvez precisamos, hoje, fazer como Davi: louvar a Deus em todo tempo, buscando Nele forças para enfrentar os leões e gigantes que nos afrontam. Quando uma presa está na boca de um leão, ela não pede bênçãos materiais ou ,mesmo, espirituais, mas pede ao bom Deus que levante um valente que a possa tirá-la daquela situação, livrando sua alma da morte eminente. Deus procura , nesses últimos dias, valentes como Davi, que não confiam nas suas próprias forças, mas na força que vem do Deus todo poderoso. Muitas vezes haverá situações em que você se deparará com um leão e uma das presas pode ser um amigo, um familiar ou, quem sabe, seu próprio filho e você precisará buscar forças em Deus para o tira-lo das suas garras. É meu amado, muitas vezes estamos só nós, o leão e Deus!
Muitas vezes lutamos sozinhos, sem ninguém por perto, só nós e Deus contra os leões que intentam em todo tempo perturbar nossa intimidade com Deus, fazendo-nos sentirmos fracos. Por isso é preciso louvar a Deus em todo tempo. Mesmo nos momentos difíceis, é preciso louva-lo. Deus se agrada dos nossos louvores. Muitas das guerras enfrentadas pelo povo de Deus no passado, alguns das primeiras fileiras nas batalhas eram os levitas (homens preparados com instrumentos para levarem o povo a adorar a Deus). E, em todas essas guerras, Deus destruía os inimigos a frente.
Fomos feitos para o louvor de Sua glória. Permanecer inerte a Sua tamanha majestade, não reconhecendo Sua grandeza e poder nos torna homens e mulheres fracos na fé. Tudo que temos, o que somos vem do Senhor e só Nele podemos lutar e permanecer inabaláveis.
Como desistimos facilmente de Deus! Mas Deus nunca desistiu de nós. Você pode dar uma volta no seu passado e perceber quantas vezes Deus criou situações, usou pessoas e ambientes para que você pudesse se aproximar Dele. Pois muitas coisas Deus pode fazer, porém uma Ele não consegue: ir contra sua vontade, ou seja, decidir por você. Embora Ele bata sempre à porta do seu coração, só você tem o poder de abrir a porta e deixá-LO entrar. E, quando Ele entrar e você der o controle e a chave do seu coração a Ele, Ele fará morada em você, através do Seu Espírito Santo e, então, começará o processo da santificação. Mas, mesmo que você deixe Ele entrar em seu coração, o inimigo que não desiste, que é salteador e ladrão (João 10:10) tentará entrar pelas janelas de sua alma (os olhos e ouvidos). Mas, como janelas só se abrem por dentro, você também tem o controle delas e pode ou não abri-las. E, se tentar arrombar a porta do seu coração, se deparará com o Deus dos exércitos, batendo em retirada.
Nesses últimos dias Deus está procurando verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade. Pessoas dispostas a lutar contra hostes celestiais. Guerreiros do Senhor, revestidos da força do Seu poder para livrar presas das garras dos leões e gigantes de satanás. Guerreiros sem medo, pois não há porque ter medo, o verdadeiro Amor (Jesus) retira fora o medo( I João 4:18) . E sabe por que, em Cristo, nos chamam mais que vencedores? Porque lutamos uma guerra que já está vencida. Jesus venceu e expôs publicamente todos os nossos inimigos na cruz do calvário (E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo. (Colossenses 2;15). Na sua ressurreição tomamos posse de Sua vitória, também.
Portanto, meu amado, não desista de lutar, enfrente seus inimigos espirituais, tendo a certeza que Deus é contigo e Quem luta por vós. Enquanto você luta, mesmo que, em algum momento, possas cair Deus o toma pela mão e te diz: Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão. Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo. Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo. Isaías 41:10-13 E, enquanto você estiver lutando, Ele dará ordens aos seus anjos para irem ao encontro dos seus queridos os protegendo.
Deus vai restaurando seus sonhos, sua saúde, seus filhos, seu casamento. Tudo Ele faz por você, enquanto você permanecer no bom combate e guardar a sua fé Nele, somente Nele.
Fonte:http://estudos.gospelmais.com.br/

Share:

0 comentários