Verdadeiros Adoradores

João 4:23 No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão ao Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o pai procura.

O capítulo quatro do livro de João narra a história de uma mulher samaritana que se encontrava junto a um poço de água e Jesus pára para conversar com ela e pedir um pouco de água. No meio da conversa, após Jesus revelar algo íntimo da vida desta mulher, ela o reconhece como profeta e levanta uma questão a Jesus sobre a adoração, dizendo que seus antepassados adoraram em um determinado monte e Jesus ensina a ela sobre a adoração citando a passagem destacada acima.
O mundo vive baseando-se por aquilo que vê ou o que sente. Quando estávamos longe de Deus, aquilo que estava acontecendo ao nosso redor, as circunstâncias, que determinavam como seria toda a nossa semana ou dia. Temos que entender que a vida cristã não é dessa maneira. Aquele que recebe Jesus como Senhor da sua vida passa a ter uma vida diferente, a vida que ele vive agora é de fé em fé, e a fé não está presa a nenhuma circunstância. O cristão aprende a viver de dentro para fora e não mais de fora para dentro, ou seja, as circunstâncias não ditam meu dia, mas é a minha fé que dita a circunstância, ao monte (Marcos 11:23). Não vivemos mais pelo que vemos, mas pelo que cremos (II Coríntios 5:74:18).
Jesus estava dizendo aquela mulher que chegou a hora, desde já os verdadeiros adoradores não mais adorariam de uma forma “x” ou “y”, não seria mais um lugar, um método, uma posição, mas seria uma posição interior, algo que passaria a ser de dentro para fora.
Adoramos a Deus pelo que Ele é, independente do que posso ver, assim o faço reconhecendo seu caráter e sua majestade. Não é algo que começa quando chego a uma igreja, mas é o que faz parte da minha vida em qualquer lugar e a qualquer momento. A adoração não está ligada somente a música, mas esta também é uma forma de adoração. A adoração está ligada as minhas atitudes e tudo o que sai da minha boca que reverencie o caráter de Deus.
Em Atos 16:16-39 lemos sobre Paulo e Silas sendo colocados em uma prisão depois de serem açoitados por pregaram a Palavra de Deus. Convenhamos que depois de receberem tamanha punição e por estarem em um lugar nada confortável, talvez a última coisa que a carne deles estaria querendo naquela hora era louvar a Deus, mas como falamos antes, não é de fora pra dentro, é de dentro pra fora.
Leia o que diz em II coríntios 4:16: “Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia”
O corpo de Paulo e Silas poderia não ter motivo para adorar, mas o espírito deles estava pronto, renovado e eles começaram. O texto diz que enquanto eles oravam e cantavam a ponto dos outros presos ouvirem (não foi um canto caidinho, de qualquer jeito) houve um terremoto naquele lugar, as portas se abriram e as correntes se soltaram.
Não é pelo que sentimos. Comece pelo espírito e será questão de tempo para que sua alma e corpo também estejam envolvidos.
Fonte:http://estudos.gospelmais.com.br/

Share:

0 comentários