Seu Amoroso Esquecimento

Escute esta passagem ponderosa da carta de Paulo aos da Galácia. Isso é animador. “Pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram.” Você ouviu certo. Nós fomos “revestidos” com Cristo. Quando Deus olha para nós Ele não nos vê, Ele vê Cristo. Nós “vestimos” Ele. Estamos escondidos nEle; cobertos por Ele.
Presunçoso, você diz? Sacrilégio? Seria se a idéia fosse minha. Mas não é, é dEle. Somos presunçosos, não quando ficamos maravilhados com a graça dEle, mas, quando nós a rejeitamos. E cometemos sacrilégio, não quando aceitamos o perdão dEle, mas, quando permitimos que os pecados assombrosos de ontem nos convençam de que Deus perdoa, mas, não esquece.
Faça um favor para si mesmo. Purifique o seu porão, exorcisme o seu subterrâneo. Tome os cravos romanos do Calvário e feche de vez o portão. Acredite no seu amoroso esquecimento, na sua graciosamente terrível memória.
fonte:http://www.maxlucado.com.br

Share:

0 comentários